A construção participativa do PDI, PPI e PQI

Caros colegas, na última semana participamos das discussões referentes ao Projeto Pedagógico Institucional do IFSC (PPI). O Decreto 5773/2006 obriga que o PPI seja parte integrante do PDI – Plano de Desenvolvimento Institucional.

Compreendemos que o  Decreto traz em seu teor um erro conceitual, pois o PPI é muito mais amplo que o PDI. O PDI define diretrizes, metas e projetos a serem desenvolvidos em um horizonte de tempo de 5 anos.  O PDI deveria ser parte do PPI e não o contrário.

O PPI delineia os caminhos da instituição e não tem prazo de validade, devendo ser revisado sempre que a comunidade acadêmica entender necessário.  O PDI é um PLANO ESTRATÉGICO que deve ser construído em consonância com a missão institucional e os valores definidos no PPI.

Na mesma linha, ao final do Seminário do PPI – que contou com a participação de mais de uma centena de servidores – a Reitora do IFSC afirmou sua intenção de organizar a elaboração do novo PLANO DE QUALIFICAÇÃO INSTITUCIONAL também de forma participativa.

Esse documento é estratégico para nortear a aplicação de todos os investimentos em capacitação dos servidores docentes e administrativos do IFSC durante os próximos 5 anos. Por isso é importante que todos trabalhem coletivamente na sua elaboração.

Tratar o desenvolvimento dos servidores como uma política institucional é o caminho para que o IFSC possa se consolidar como uma referência na educação profissional do Brasil.

Parabéns a todos os participantes e organizadores do PDI e PPI. Essa é uma grande OPORTUNIDADE para unirmos a experiência dos servidores mais antigos com a juventude de grande parte dos novos servidores do IFSC e com isso avançarmos ainda mais.

Atenciosamente,

Jesué Graciliano da Silva

 

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *